O Samba taí

Disseram que o samba se perdeu
Onde será que ele está?
Dizem que ele foi seguindo adiante
Sem consultar a ninguém.
 
Pra entender o samba...
Você não precisa sair
De onde está.
 
O Samba taí
O samba tá...
Tá no sangue daquele que sabe sambar.
 
(Te falei mas disseram...)
Disseram que o samba se perdeu
Onde será que ele está
Dizem que ele foi seguindo adiante
Sem consultar a ninguém.
 
Pra entender o samba...
Você não precisa sair
De onde está.
 
O Samba taí
O samba tá..
Tá no sangue daquele que sabe sambar.
 
Ta no cacique de Ramos
No sovaco também tá.
Tá no pé da Igreja da Penha,
No trem da Central,
Tá na Praça Mauá.
 
Tá no frevo em Recife,
Nos ?Estates? também tá.
Fez história na Bahia,
Dizem até que nasceu lá.
 
O Samba taí
O samba tá...
Tá no sangue daquele que sabe sambar.
 
Quando desceu lá do morro, compadre.
Ele desceu numa boa.
Manifestou emoção.
O samba andou de avião.
O samba andou de canoa.
 
O samba pintou o sete.
Com dama e valete.
Sabe como é...
O samba está na cabeça,
E na palma da mão e na sola do pé.
 
O Samba taí
O samba tá..
Tá no sangue daquele que sabe sambar.
 
Vou pedir pra São Jorge guerreiro,
Que é meu padroeiro,
Pra me abençoar.
Tá no sangue daquele que sabe sambar
 
Vou pro samba de noite e de dia,
A preta sabia antes de casar.
Tá no sangue daquele que sabe sambar...
 
(Ô, no sangue daquele, daquele, daquele que sabe sambar...)
 
Tá no sangue daquele que sabe sambar...
 
(Ô, no sangue daquele, daquele, daquele que sabe sambar...)
 
Tá no sangue daquele que sabe sambar...